segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O que você prefere: pouca merda, muita merda, ou merda nenhuma?

Família, amigos, colegas, namorados.. enfim, sociedade.
O que você representa pra ela? O que você prefere representar pra ela?
O que ela representa pra você?
Um homem da lua ( se é que alguém já conseguiu chegar lá de verdade) olha pra Terra e .. não vê ninguém. E se esse homem for seu pai, esposo, amigo ou, seu presidente?
Vamos simplificar. Do prédio mais alto de Tókio, um turista descreveu: “os outros prédios parecem casas, os carros parecem de brinquedo, e as pessoas...Ah! Essas quando aparecem são menos que um ponto”
você já parou pra pensar qual seria o tamanho da sua merda vista lá de cima?
No mesmo plano, as pessoas costumam se sentir superiores umas as outras. Constroem status, e agem loucamente como se suas riquezas pudessem ultrapassar o firmamento, quando na verdade bastam alguns quilômetros (pra não dizer metros), para que eles e toda sua petulância desapareçam por completo se transformando em um simples e inútil borrão, como o de bosta.

penso eu, com meus princípios e ideologias, que o preferível é não ser nenhuma pouca ou muita merda... ser apenas.. um ponto.
entenda como quiser!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

"No vocabulário chinês o simbolo que significa crise é o mesmo usado pra oportunidade, ou seja vc pode ser abalada pela crise ou ter a oportunidade de aprender e crescer e ser melhor. Vc escolhe porque na vida tudo se resume a escolhas. A dor pode ser inevitável mas o sofrimento é opcional. LVU"

a hipocrisia é um dom

do Aurélio, impostura, fingimento, simulação, falsidade; falsa devoção , ou simplesmente: HIPOCRISIA


todos nós somos um pouco hipócritas, ou já fomos em algum momento da nossa vida.
seja naquele momento em que passamos à outros aquele sentimento que não era real; seja quando "maquiamos" algum sentimento/ação porque o achamos vergonhoso, ou apenas porque a forma maquiada é como queríamos que verdadeiramente fosse. Seja lá em qual atitude, o fato é que um dia todos nós já tivemos ou teremos ações simuladoras..hipócritas!

mas há aqueles em que a hipocrisia se faz como um dom.
há aqueles que conseguem transformar qualquer ação em uma falsa devoção.
vivem suas vidas num clássico exemplo hipócrita: exigir de outros aquilo o próprio não o realiza.
essas pessoas, dignas de dó, são verdadeiros impostores, 'usurpadores de um ser inexistente'.

pessoas que até mesmo acreditam ser superiores ao que simulam. pessoas deficientes de caráter.
seres humanos que na verdade parecem não ser bosta alguma. à eles, deixo aqui minha total rejeição e antipatia.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

dando asas a cobra

então.. chegou a hora.. de vestirem suas carapuças e viverem como se nada tivesse acontecido.
tristezas disfarçadas de alegrias batem à nossa porta a todo momento.
se alimentam de nossos sorrisos e nos vomitam na cara pranto e dor.
simulam interesse e amizade e cobrem suas faces para que não possamos ver seus olhos chamuscando fogo de destruição.
enganos fúteis que poderiam ser facilmente desenganados se atentássemos à eles.
enquanto corroem-nos, deitam suas cabeças nos travesseiros fecham seus olhos e.. simplesmente adormecem.
agora, pois, vamos povos designados, tomem suas asas, pintem suas caras, vistam suas vestes do prazer, e corram daqui pra fora. porque aqui não são bem vindos, e aqui não ficarão!

O que você espera de alguém?

Vivemos esperando bons tratos, boas amizades, bons relacionamentos, bos modos ... passamos pela vida depositando nossa esperança nas ações de segundos ou terceiros, quando deveríamos somente depositá-la em nós mesmos.
Sorrir independente da resposta que recebemos. Confiar independente do apoio que nos é chegado. Lutar pela vida independente de termos um adversário.
Agir baseado unicamente nos nossos objetivos pessoais parece difícil, mas não é impossível ao que crê. Persistência, sabedoria, força (...) é, apenas questão de prática. Se você parou sua vida por falta de alguém que te apoiasse, tome a mim como amigo, e a minhas palavras como estímulo. E, seja aquilo que você sempre teve capacidade de ser, só nunca havia percebido.

terça-feira, 27 de julho de 2010

não me mate aos poucos..

Se o final for o fim, não me mate aos poucos, apunhala-me de uma vez. não me faças sofrer, por favor eu imploro.

a verdade é que já morri inumeras vezes.
mas cada vez é como se fosse a primeira,
olhar nos olhos do meu assassino e ter que adimitir que morrerei.
mas esses olhos tão ternos e incendiados de amor e desejo, matar-me? será por ódio? será por amor? ou será por indiferença?
dizem que morrer de amor é bom, pois te dá a vida.
dizem também, que o amor e odio andam lado a lado, não sendo difícil cambalear e pegar a rota lateral.
mas a indiferença? ah! essa mata aos poucos. pedaço por pedaço.
quebranta o coração e humilha o orgulho.
a indiferença não tem dó, não tem sentimento, parece que nunca sofreu na vida.
talvez seja essa insensibilidade que cause tanta dor.
água destilada em cada penetrada quase nociva no coração, que juntas, se tornam punhaladas fatais.
com a indiferença não adianta brigar, espernear, fazer beicinho, parece que nem mesmo a lágrima a faz hesitar.
essa impossibilidade que amarra nossos pés à cadeira, e amordaça nossa boca faz o peito aquecer e agitar, sem poder sair do lugar.
parece que não há saida, não há o que fazer, só nos entregarmos a morte e deixarmos morrer para ver se acordamos melhor no outro dia, e enfim, continuar a viver.



Obs: diferente da maioria das vezes quando escrevo textos nesse estilo, não estou triste, rs

quinta-feira, 22 de julho de 2010

quando eu morro de rir, é ai que fico saudável

a felicidade me faz sorrir.
sorrir me traz felicidade.
mesmo que enquanto dure o sorriso, mas já me basta!
já me traz paz, repõe minha força para encarar o mal que está por vir.
ele sempre vem!
mas enquanto estiver em paz, enquanto estiver sorrindo
saberei que nenhum mal pode tirar de mim a vida.
e enquanto estiver viva, poderei sorrir :D



Simples, mas decidi parar por aqui, já estava quase todo escrito, mas parei de ter inspiração no dia em que comecei, e hoje quando li, resolvi acrescentar só a última frase e postar assim, pequeno, compacto, diferente do que sempre faço, embora esteja escrevendo muitas linhas agora, deixando assim, de ser pequena a postagem. então, boa noite a todos :D

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Sem mais palavras

o que dizer quando fatos dizem por si só?
as pessoas estão cada vez mais escrotas e dignas de dó.
eu me preocupo tanto em me manter em forma, mas parece que a moda é a mulher comida (hum! bem sugestivo, rs). morango, maçã, melão, ha um tempo atrás eram saudáveis . hoje em dia podem arruinar sua vida se você não dosar seu desejo por essas.. frutas:P

parece que quanto maior a bunda menor o cérebro. é, o negocio está feio mesmo heim.
será que todos os espelhos do universo sumiram? a água não reflete mais?
antigamente mandava-se tomar chá de se-mancol, hoje parece que nem existem mais amigos, para dar um toque que só amigo sabe dar, daqueles tipo "amiga, eu te amo tanto.. MAS VOCÊ ESTÁ PAGANDO MICO, e me fazendo pagar mico por estar do teu lado", rs

vamos medir seu QI!? não meu bem, não precisa de fita métrica, seu busto-quadril-e-peito já sabemos quanto mede, vc saiu na playboy semana passada, não lembra!?

éee, são poucos os que valorizam o tamanho dos neuônios(simbolicamente), até porque eles não entram físicamente num ato sexual.

pessoas desse tipo, só se esquecem que comidas apodrecem, e viram lixo. sim! verdadeiros lixos.
passa o tempo, e as frutas murcham, perdem o paladar, a cor, a beleza natural, e sobra a inteligência.....isso é, naquelas que se preocuparam em buscá-la enquanto seus neurônios ainda funcionavam :B



sábado, 17 de julho de 2010

Leiloa-se um coração

Parece que o amor verdadeiro e sincero virou coisa do passado.
se for assim, confesso, sou bem antiquada.
e não me envergonho disso, afinal, quem deveria se envergonhar são essas pessoas que escolhem seus amores pela beleza.. da conta bancaria ¬¬
um cargo de "poder", já faz o coração bater mais rápido.
o sentimento não tem vez nem voz.
pessoas se deixam humilhar por um pouco de espaço, tão pouco que as vezes nem chega caber ela própria, quem dirá tamanha humilhação, não se compacta mas lixo, mas sim, caráter.

muito se pede, nada se dá. não adianta exigir ao outro respeito, pisando em si próprio. princípios básicos, servem de tapete pra a oportunidade passar, ou oportunismo!?
ser bom não é ser honesto, é ter fama, dinheiro, ostentar.

pessoas perdem a vida tentando vencê-la, ou tentando passar a perna nela?!

quando essas pessoas vão acordar?
quando estiverem mortas, seus olhos já não abrirão mais!
dar suor em troca de vitória, não lamber o suor dos outros pra cobrar participação mais tarde.
Chega! encontrem seus rumos. vida, à luta! lute para viver.
seja alguém e assine em baixo. levante seu troféu. não apenas toque no troféu de outros.

mais a alegria vem pela manhã

não importa quantas vezes o desânimo tente me derrubar!
em Deus eu levantarei mais uma vez.
ninguém é 100% feliz, mas não dá pra levar uma felicidade pela metade.
que tudo se renove outra vez, e quantas mais forem necessária.
pois a vida pode não me dar outra chance para sorrir :D

mesmo assim eu te devoro...

Juro que um dia enlouqueço!
essa curiosidade suprema em saber seus pensamentos um dia ainda podem matar-me de ansiedade.
confesso que nem toda minha auto-suficiência é suficiente para tirar de mim esse sentimento de insuficiência quando estou perto de você.
que sentimento é esse?
não sei, ainda não fomos apresentados.
só sei que ele se mostra a mim diferente de todos que antes já passaram por aqui.
não sei se é bom, não sei se é ruim.
não o convidei pra entrar, mas também não sou a favor que saia.
mesmo que quisesse, minha vontade já não vale muito, nunca valeu!
não vou pagar pra ver, já perdi muito por isso.
mas vou esperar! afinal o que faz mal não é a pressa do destino!? ;)
então que agora a calmaria venha me invadir..

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dor é ruim ... até onde?

num acidente, depois de tentar alguns estímulos ao paciente,
se não houver resposta, ou seja, se o corpo não reagir, não "acordar", usa-se o estimulo de dor.
este, parece causar uma reação mais 'forte' no corpo fazendo-o responder aos estímulos.

as vezes meu corpo parece mórbido, paralisado.
e eu desejo muito uma aventura.
mesmo aquelas que não dão certo, e me causam dor.
dor?
Ah!, nada que não seja passageiro!
o que fica depois são as lembranças e experiências, que até aqui, fazem quem sou hoje...
mas as de amanhã, farão quem serei no futuro.
mudar?
sim, mudarei, mudaremos! todos mudamos!
mesmo que de um ponto à uma vírgula, mas mudamos.
o que não podemos é deixarmos morrer por não aceitar absolutamente a dor.
claro que não a desejo em primeiro lugar, mas se pra chegar ao primeiro a dor esteja em segundo... nada que o tempo, e um bom analgésico não resolvam!

já dizia o poeta :
"O amor, é uma dor"
rsrsrsrs

batemos sempre na mesma tecla

é quase incrível como a gente acha que sabe, mas no fundo nunca sabe!
nós falamos, escrevemos, as vezes vemos, e até nos convencemos que "agora é diferente", "finalmente aprendi", mas acabamos descobrindo que sempre voltamos ao zero.


hoje eu fui visitar um orkut por aii.
vi que essa pessoa que visitei tinha um blog, e me espantei logo de cara.
afinal, ela ter um blog! logo ela???
e pensei: "bem, deve ser algo para falar da novela das 6 , dos filmes de lançamentos, das edições da capricho, etc, etc".
pois bem, fui visitar o tal blog e lá continha exatamente UM texto, o que achei estranho, até que percebi que era recente, ou seja, é um recem formado (que seja bem vindo ao blogger).
quando li,
pensando que ia jogar meu tempo ao léu, descobri que o texto em si, me surpreenderia ainda mais que o blog.
não pela escrita, que não era das melhores,
não pelas palavras rebuscadas e enfeitas, até porque não tinha nem uma.
mas sim pelo ensinamento do texto,
que inclusive é uma coisa que se prega a todo momento.
mas que exatamente agora, era o que eu estava precisando ouvir ( ou ler ).
Aprendi (ou não), que não é preciso muita inteligência para ter algo a ensinar.
que não devo subestimar alguém, só porque não acho capaz, afinal eu não tenho que achar nada.

enfim. talvez amanhã eu esqueça disso,
então resolvi escrever, pra lembrar depois.

sábado, 19 de junho de 2010

De qualquer forma,não me deixe só.


é quando estou só que meus medos veem a tona.
me assombram e me fazem querer parar.
e é justamente nesse momento instável,
que não conto com a mão de ninguém pra me levantar.
me sinto tão inútil e insignificante.
mas cadê todo mundo que eu estava vendo antes de piscar meus olhos?
não existe mágica! pode existir ilusão de ótica.
isso quer dizer que eles nunca estiveram aqui, ou que eu não os consigo enxergar???
não sei, nunca soube.
as vezes os vejo as vezes não.
como contar com o inconstante?
não sei, nunca soube!
uma coisa te peço:
de qualquer forma, não me deixe só;
durma aqui essa noite,
não me deixe só.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

calar não é consentir

um silêncio nem sempre quer dizer uma aceitação. Lembro-me como se me acontecera ontem: calei, mas não consenti!
Quem cala , pode não querer falar. Ou, se regido pela lei da ação/reação, pode apenas não querer ouvir.
A boca calada, pode exprimir um coração que pranteia, desolado. Talvez a inexistência da voz, seja apenas pela falta de sua necessidade. uma ação, afinal, não vale mais que mil palavras!? um olhar, não pode dizer tudo!?
então, não pense você que eu aceitei.
Posso dar-te inúmeros motivos para a imobilidade dos meus lábios. Posso fazer-te calar ao conhecer meu silêncio. naquele momento, o que eu mais queria era gritar. mas admito que tudo o que conseguia fazer.. era calar.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

não me tenhas mais

Por favor me diga que não!
me diga que não é o seu coração,
gritando por socorro chamando meu nome.
não me faça acreditar que sou eu,
dentro desse imenso mar de confusão.
que de pesado, te afunda em tristeza e solidão.
diga! por favor, me diga!
que minha parcela em você já não existe mais.
que tudo que passou, ficou lá atrás.
eu preciso saber, por favor me conte.
que seu propósito, de velho já morreu.
mas de experiência, muita força te deu.
sua vida, seu amor, sua paz.
tudo o que já não existia mais.
me faças saber que de volta os tem,
desde que de mim já não tens guardado mais.
peço-te carinhosamente que sejas feliz.
e que, de todo, não se esqueças de mim.
lembre-te, que sempre te quis bem.

isso é ser humano

Sabe aqueles dias que você acorda e simplesmente decide não ter pena de ninguém?
quando você olha pro céu e percebe que não está com o mínimo de paciência?
você já olhou pro lado e teve vontade de chutar a pessoa que ali estava?
ah vai, pare de mentir pra você mesmo.
pense um pouco mais fundo.. TODO mundo já passou por um momento igual a esse.
a Diferença , é que vc, junto com a sociedade hipócrita quer se passar por santo.
e dissimular aquilo que vc sente a todo instante.
então a partir de agora apenas pare.
pare de ser santo.
pare de ser legal.
pare de sorrir.
pare de gostar de tudo.
pare de ser vitima.
E se permita sentir essa louca vontade de gritar.
GRITE! desabafe! aproveite cada segundo do seu momento de erro.
porque em alguma hora vc vai ter que perceber que ser feliz é bem melhor.
e quem sabe você não deixa de ser 'santo' pra virar um ser humano.

domingo, 2 de maio de 2010

eu quero me reinventar, me redescobrir.
quero abrir a janela e ver o sol brilhar,
eu vou sair por ai.
e só vou voltar, quando a luz da lua me iluminar.
quero ouvir o canto dos pássaros,
e sentir o vento que sai do bater de suas asas tocar suavemente meu rosto.
eu quero o oposto.
o oposto do que é mau, do que é insano e incoerente.
eu quero e VOU, viver o presente, sem me preocupar com o amanhã, se o Pai me deu, ou se ele não é meu..
prefiro descansar e entregar, a minha vida nas mão de Deus.

terça-feira, 27 de abril de 2010

quarta-feira, 31 de março de 2010

eu quero olhar nos teus olhose sentir a chama que emana deles.quero tocar sua pele e me conectar a uma dimensão de desejos e sentimentos.quero te servir de tato olfato e paladar.quero um sussuro no meu ouvido que me faça arrepiar.quero que você me levante bem alto,e me faça sentir o vento bater em meu rosto,que me dê a sensação de voar.eu quero te amar.quero te abraçar e sentir o cheiro do amor.quero tocar em seu braço e sentir seus fortes musculos me protegerem.eu quero contemplar seu sorriso com mistos de malicia e sedução. eu quero ser sua, e quero você pra mim. quero sentir-nos como um só. quero sentir o calor vindo de dentro de você. que me aqueça do frio e me faça reviver. te quero bem perto, de olhos abertos. quero ouvir sua voz rouca me dizendo bobagens, e viajar nelas. quero ser elas. quero você comigo, até que o dia se acabe e enfim você tenha que partir. dai sentirei saudades das suas mãos firmes em minha pele delicada. seu olhar fixo em mim. seu sorriso discreto de felicidade. e seus doces movimentos. sentirei saudade... até que o momento de te reencontrar chegue e eu possa de novo olhar nos teus olhos(...)

quarta-feira, 10 de março de 2010

Seria tão facil se não fosse tão dificil


seria sim, muito facil,
se entre direita e esquerda, só existisse o meio.
seria facil se a unica escolha fosse a de viver.
saria muito facil não precisar se preocupoar, não precisar se decidir.
seria facilimo viver brincando de bonecas e ciranda.
mas infelizmente a hora voa, a vida passa,
e a gente só percebe quando vê o quão dificil se tornou.
daí já é tarde demais.
e não é mais tão fácil quanto parecia ser.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

quando nada vai bem

Nos dias maus, eu queria poder voar.

Quando nada dá certo, eu só quero abrir minhas asas e tirar os pés do chão.

passar pra outra dimensão.

fazer possível tudo aquilo que não posso estando presa a terra.

gostaria de sentir o vento bater em meu rosto e balançar os meus cabelos..

e me sentir livre.

gostaria de quebrar todos os tabus, e me sentir feliz sem possuir absolutamente nada a mais que minhas asas.

gostaria de olhar todos la de cima, e tomar conta dos que amo,

os protegendo de todo mal.

quando o dia não vai bem, tudo que eu quero é sair desse mundo de inconstâncias e me dirigir a um lugar onde não há restrições.

onde as paredes se deixam cair ao vento, o limite é o horizonte;

os obstáculos são as nuvens e a luz que me ilumina é a do Sol.

Nos dias maus, ao invés de tristeza, tudo que eu gostaria, é ter alegria, pra transformar meu dia em bom.

Nos dias maus, seria bom sobrevoar a cidade sem me preocupar onde devo chegar,

Apenas queria voar.

Nos dias onde TUDO conspira o mal .. meu maior desejo é estar onde não existe ‘nada’,

para que meu dia volte ao normal.

Pra que deixe de ser mau.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

eu sou só um pequenino ponto de luz no imensurável espaço celestial.
mas enquanto caminho pelo céu, na terra há sempre uma alma sonhadora que me vê e deposita em mim seus desejos mais profundos,
eu os recolho, sempre! E devolvo-lhes esperança para que jamais deixem de crer.
quando a noite se vai e o dia chega, costumam esquecer de mim, até mesmo aqueles que me confiaram seus sonhos.
Mas eu não os esqueço, e movo tudo ao meu alcance, fazendo o universo conspirar à seu favor.
Quando meu trajeto chega ao final, e seu desejo lhe é concedido, muitos nem ao menos me agradecem. Mas não páro! ainda assim,
não deixo de ajudar aqueles que pedem ajuda. pois no final sua felicidade já me é a gratificação,
e a confirmação que no que me propus a fazer, este o fiz bem feito.

su estrella fufaz

fugazYo soy sólo un pequeño punto de luz en el espacio celeste inconmensurable.
pero cuando sigo mi camino por el cielo, sé que en la tierra hay siempre una alma soñadora que me ve,
y en mi, pone sus deseos más profundos,
Yo os acolho, siempre! Y le vuelvo la esperanza para nunca dejar de creer.
cuando la noche se ha ido y llega el día, el sol, tienden a olvidarme, incluso aquellos que confiaron en mí sus sueños.
Pero yo no los olvidao, y todo lo que puedo .. muevo, haciendo que el Universo conspira a su favor.
Cuando mi camino llega a su fin, y se le concedió el deseo, muchos ni siquiera darme las gracias. Todavia no me detengo!
Sin embargo, debo ayudar a los que piden ayuda. porque la confirmación de que lo que me propuse hacer,
esto hice bien hecho, y la felicidad de aquellos que alguna vez creyó en mí, es mi recompensa.